Sintra – Portugal

Ahhhh como eu amei Sintra. Tinha muita vontade de conhecer e não me decepcionou. Interessante que é um lugar com ar bucólico, geralmente não gosto de lugares bucólicos, mas Sintra é diferente, tem história e charme. Além de seus palácios, que considero visita obrigatória, passear pelas ruazinhas do centro é bom demais.

Como eu e o marido não alugamos carro em viagem, (até agora – penso seriamente em mudar), na realidade uma vez na Flórida com amigos e outra vez na Califórnia com o namorado (hoje marido), mas achei tão estressante que não aluguei mais.

Para ir a Sintra contratei o motorista português Joel Noivo (com página no facebook JCN Freelancer Tours), que de tanto nos atender virou amigo, mantemos contato até hoje. Só que o dia agendado para irmos a Sintra choveu e como ir lá com chuva não é legal, o querido Joel se dispôs a nos levar no domingo, dia de sua folga, porque estava marcando tempo bom. Só tinha um detalhe: ele tinha que levar a mulher: problema nenhum, a Susete é um amor de portuguesa, rimos o dia inteiro, foi ótimo!

E realmente, nem pensar dirigir em Sintra. As ruas são muito estreitas, eu chegava a fechar olhos e dizer: não vai passar! Mas passava, às vezes recolhendo os retrovisores, uma loucura. Joel que conhece tudo, deixava a gente na porta dos palácios e depois nos buscava, maior conforto.

Só que antes de chegar em Sintra passamos por Queluz, que é caminho, para conhecer o seu palácio.

O Palácio Nacional de Queluz tem a sua história interligada com a do Brasil já que foi aqui que nasceu e morreu Dom Pedro I. A construção do palácio começou em 1747, em estilo rococó, para ser a residência de verão de Dom Pedro de Bragança, consorte de D. Maria I “a louca”, tendo sido terminado primeiro os jardins.

O dia alternava entre céu limpo e nuvens escuras, mas pelo menos não choveu!

Portugal 2299.JPG

Portugal 2297

Portugal 2281

Com essas nuvens eu pensei: pronto, agora vai desabar o mundo, mas não, depois foram embora, foi só para “estragar” as minhas fotos mesmo. Abaixo no Canal dos Azulejos.

Portugal 2287

Portugal 2289.JPG

Em 1794 o Palácio se tornou a residência oficial da Família Real Portuguesa.

Portugal 2227

Portugal 2243
Sala dos Embaixadores

Portugal 2246

Portugal 2210

Portugal 2238
Sala dos Azulejos

Quarto D. Quixote. Foi aqui que nasceram todos os filhos de D. João VI e d. Carlota Joaquina. Dom Pedro I nasceu em 1798 e morreu nessa cama em 1834.

Portugal 2267

Saímos de Queluz e fomos para Sintra, chegamos no centrinho e fomos passear.

Portugal 2310

Portugal 2323

Portugal 2319

Na Pastelaria Periquita, famosa por suas queijadas e travesseiros (doce de massa folhada com recheio de creme de amêndoas). Desde 1862, parada obrigatória em Sintra.

Portugal 2333

Depois, comecei o tour pelo Castelo dos Mouros. Tinha a imagem da Minissérie os Maias, da Rede Globo, baseada na obra de Eça de Queirós, em que uma cena foi filmada aqui. É um castelo em ruínas, mas o visual é incrível, não me decepcionou, é muito legal!

O Castelo de Sintra, conhecido por Castelo dos Mouros é uma construção medieval, feita pelos Mouros no século IX, quando dominavam Portugal com o objetivo de guardar e proteger a cidade de Sintra. Porém, depois perdeu a sua característica estratégica e foi abandonado, mais um terremoto e um incêndio acabaram por deixá-lo em ruínas.

Portugal 2402

Portugal 2398

Portugal 2364

Portugal 2379

Portugal 2371

Fui até o topo do castelo, nas duas extremidades, são escadarias bem estreitas e íngremes e é difícil para duas pessoas passarem ao mesmo tempo, então quando tem alguém na contramão, aconteceu comigo, a gente tem que se agarrar para passar com cuidado e não cair, porque dá medo, já que não tem guarda corpo!

Portugal 2368.JPG

Portugal 2397

Só me lembrava da Tia Gina (única irmã da minha mãe, que não sobe e desce escadas, nunca). Para ir no Castelo dos Mouros e aproveitar o seu visual lá de cima tem que ter preparo físico ou como dizem os portugueses: força nas canetas (pernas)!

Portugal 2383
Vista do Castelo dos Mouros

Seguimos então para o Palácio da Pena, atração mais famosa e visitada, a única que peguei fila. A sua edificação é polêmica, do tipo ame ou odeie. Confesso que isoladamente achei brega, mas no contexto da cidade, no alto, pela história, chama a atenção, fica bem interessante. É o cartão postal de Sintra.

Portugal 2423

Portugal 2426

Portugal 2436

Portugal 2438

Portugal 2429

O Palácio da Pena foi construído por Dom Fernando, marido de D. Maria II (filha mais velha de Dom Pedro I e D. Maria Leopoldina) que se encantou pelo lugar. Terminado em 1850, tem estilo romântico e elementos neo-árabes, se constituindo de uma “harmonia única”. A ala do antigo convento é pintada de vermelho e a ala nova de amarelo. Foi o último palácio a ser construído pela dinastia Bragança e era destinado a residência de verão.

Portugal 2473

Portugal 2471

É muito difícil fotografar no Palácio da Pena. A visita é feita em fila. São centenas de pessoas andando uma atrás da outra. no centro, enquanto os cômodos e objetos ficam dos lados direito e esquerdo.

Portugal 2469

Portugal 2453.JPG

A parte que eu achei mais interessante foi a cozinha, com todos os seus apetrechos usados pela família real na época.

Portugal 2482.JPG

Portugal 2483.JPG

Para se ter uma ideia do tamanho do Palácio da Pena e de seu contexto na cidade só é possível em uma vista aérea

capa-Pena.png
Foto do site: http://www.invinoveritas

A próxima atração que eu visitei em Sintra foi a que eu mais gostei. A Quinta da Regaleira. O local que pertencia a Viscondessa da Regaleira e foi adquirido e ampliado pelo Dr. Antônio Augusto de Carvalho Monteiro, conhecido por “Monteiro dos Milhões”, em razão da sua fortuna. O palácio foi inaugurado em 1912. Homem culto, de espírito científico, bibliófilo notável, colecionador e filantropo. Por ser místico construiu nos jardins diversos elementos interessantes sendo o mais incrível o Poço Iniciático (para rituais de iniciação na Maçonaria).

Portugal 2605

Portugal 2615

Portugal 2532

Portugal 2598

Portugal 2589

Portugal 2608

Portugal 2549

O palácio está vazio, só uns poucos objetos, mas a sua arquitetura é tão linda e o misticismo que envolve a sua história tão interessante que considero o lugar imperdível para se visitar em Sintra.

Portugal 2555

O Poço Iniciático na Quinta da Regaleira

quimpu_poco
Foto do site: http://www.oarquivo.com.br

Demos uma passada para conhecer o Hotel Tivoli Palácio de Seteais, é lindo, tenho vontade de dormir uma noite em Sintra da próxima vez, para sentir a magia dessa cidade à noite que deve ser incrível e quero me hospedar aqui. No seu exterior tem um jardim com colunas que de um lado tem uma vista linda do vale de Sintra e do outro cria uma moldura com o Palácio da Pena, fazendo um porta retrato da natureza que é maravilhoso!

Portugal 2640

Portugal 2637

Portugal 2636
Feliz em Sintra

O último local que visitamos foi o Palácio de Monserrate, o mais bonito palácio de Sintra.  Na área, que pertencia ao Hospital de Todos os Santos de Lisboa, em 1540, existia uma capela dedicada a Nossa Senhora de Monserrate. Passou por vários proprietários até ser adquirida por Francis Cook, milionário inglês do ramo têxtil, em 1856. Construiu o palácio para ser sua residência de verão, em estilo romântico (ecletismo) com influência do gótico, indiano e mourisco.

Portugal 2664

Portugal 2695

O seu interior é lindo, as paredes todas trabalhadas

Portugal 2674

Portugal 2673

Portugal 2672

Em razão do enorme investimento que o proprietário do Palácio fez na região, o rei D. Luís I lhe concedeu o título de Visconde de Monserrate. Em 1947 o palácio foi vendido pela família e posteriormente adquirido (1949) pelo Estado Português. Declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1995.

Portugal 2682

Os jardins exóticos são lindos.

Portugal 2647

Portugal 2696

Portugal 2651

Portugal 2694

Portugal 2653

Entre as visitas aos palácios, para almoçar, escolhi o Lawrences, restaurante do hotel de mesmo nome, citado na obra Os Maias, de Eça de Queiroz, onde é imperdível o Bacalhau (claro) acompanhado de um Colares, o maravilhoso vinho português dessa região de Sintra.  Com Susete e Joel, amigos pelo mundo.

Portugal 2511

Portugal 2504

Para encerrar esse domingo especial, fomos no Preto, comprar suas famosas queijadas, doce enformado feito com queijo ou requeijão, ovos, leite e açúcar. Mais uma instituição de Sintra.

Portugal 2707

Portugal 2708

Portugal 2712

Sintra é um lugar maravilhoso, imperdível para quem vai a Portugal. Ao lado de Lisboa, um delicioso passeio bate e volta.

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s