Sevilha

Tentar mostrar tudo que vi em Sevilha em apenas um post não vai ser fácil, vou tentar! De todas as cidades que estive na Andaluzia, Sevilha foi a que eu mais gostei. Além de linda, tem um astral maravilhoso, fervilha (até rimou!).

IMG_0743
Parque Maria Luísa

A cidade é a quarta maior da Espanha. Tem 700.000 habitantes e está sempre lotada de turistas. Não é para menos! A Espanha é um país fácil de viajar, com uma malha ferroviária e rodoviária que facilita muito o deslocamento, para quem como eu não aluga carro é perfeito. Soma-se a facilidade com  a língua (para nós brasileiros), povo simpático e acolhedor e o baixo custo, considero um país barato para viajar. Precisa mais?

Cheguei em Sevilha por Marrakech, em um voo direto pela Ryanair. Saí de ônibus pela empresa Alsa com destino a Granada e adorei, nunca tinha viajado de ônibus na Europa, aprovado!

Fiquei na cidade por 5 diárias no Hotel Alfonso XIII, no bairro de Santa Cruz, um ícone da cidade. Foi encomendado pelo Rei da Espanha para receber os dignatários da Exposição de 1929.

IMG_0421.JPG

IMG_0311

IMG_1889
A escadaria do Hotel Alfonso XIII

 

IMG_0308
O charme dos elevadores
IMG_0314.JPG
Lobby do Hotel Alfonso XIII

O Hotel foi renovado em 2012 e as suas áreas comuns são muito bonitas. Conta com um pátio interno com fonte que lota final de tarde para um happy hour.

IMG_0329.JPG

IMG_0336.JPG

IMG_0333.JPG

Recebi upgrade para uma suíte, bastante espaçosa e confortável, com vista para a praça em frente ao hotel e mesmo sendo em cima do terraço do restaurante ENA, o isolamento acústico era perfeito.

IMG_0284

Como chegamos no final de tarde, resolvemos jantar no hotel mesmo, no restaurante San Fernando e tivemos a sorte de estar funcionando no seu salão de banquetes, um espaço histórico lindíssimo. No outro dia o café da manhã foi servido nesse salão também. Nos outros quatro dias o restaurante foi transferido para os corredores que cercam o pátio, já que o Salão de Banquetes é frequentemente reservado para eventos.

IMG_0322.JPG
Restaurante San Fernando – Salão de Banquetes

No outro dia, nosso primeiro para explorar a cidade, já tinha reservado com antecedência e on line a visita ao Real Alcazar, o mais antigo conjunto de Palácios Reais da Europa. A fila com ingresso antecipado é grande, mas anda rápido, sem ingresso é na sorte para conseguir, porque esgota muito rápido, melhor se programar, pois é uma atração imperdível! Comprei com hora marcada a visita aos Aposentos Reais. Só pode entrar grupos de 20 pessoas a cada 30 minutos. Neste espaço não pode fotografar, por questão de segurança, pois ainda é utilizado pelo Rei da Espanha e seus convidados em visita a cidade.

IMG_0355
Início da fila às 8h da manhã (abre às 9:30h)
IMG_0424.JPG
Vista do pátio no primeiro andar – em frente aos Aposentos Reais

O Real Alcazar (fortaleza) começou a ser construído no ano de 713 pelos árabes (mouros) que dominaram a Península Ibérica e ocuparam a Andaluzia por 800 anos, sendo expulsos pelos reis Católicos Isabel de Castela e Fernando de Aragão em 1492, fazendo do Alcazar sua residência durante esse período.

IMG_0445.JPG

Em frente ao Palácio Mudejar de  D. Pedro I de Castela, conhecido como “O Cruel”, que viveu de 1334 a 1369 (não confundir com o imperador brasileiro D. Pedro I, que era D. Pedro IV em Portugal).

IMG_0469.JPG
Conseguir fotografar só com uma pessoa atrás, marido fez mágica!

A arquitetura mourisca está presente em quase todos os prédios

IMG_0472.JPG
Pátio das Doncellas
IMG_0492
Salão de Carlos V

O ambiente mais bonito do Alcazar: o Salão dos Embaixadores. O seu teto com cúpula de ouro é magnífico.

IMG_0500

IMG_0498

IMG_0501

Os jardins do Alcazar também valem a visita, principalmente o Estanque de Mercúrio.

IMG_0603.JPG

IMG_0632

IMG_0636

IMG_0656

IMG_0633

Após o Alcazar fomos conhecer a Catedral e a Torre Giralda. A principal igreja de Sevilha é a maior catedral gótica do mundo, construída entre 1401 a 1506, sendo a 3ª maior igreja do mundo, atrás apenas da São Pedro no Vaticano e St. Paul em Londres.

IMG_0363

IMG_0396

IMG_0371

Após o terremoto de 1755 foram acrescentados muitos elementos à Catedral, que é dedicada à Santa Maria.

IMG_0379.JPG

IMG_0793

IMG_0786

 

IMG_0808.JPG

A principal atração da catedral é a tumba de Cristóvão Colombo, navegador italiano que viveu de 1451 a 1506 e descobriu a América em 1492, com o apoio e financiamento da rainha católica Isabel de Castela.

IMG_0819.JPG

IMG_0809.JPG

Almoçamos no El Giraldillo, a primeira paella, na Plaza Virgem de los Reyes e resolvemos não subir na Giralda, o campanário da Catedral de Sevilha. Só apreciar a sua bela arquitetura já foi suficiente.

IMG_0766.JPG

IMG_0768.JPG

IMG_0761
Vista da mesa do terraço do Restaurante El Giraldillo

Resolvemos fazer um passeio de carruagem. Sou contra a utilização de animais para o trabalho, mas achei em Sevilha muito bem cuidados. Nossa amiguinha se chama Matilde.

IMG_0690.JPG

O passeio saiu da frente do Alcazar e passou pela Torre del Oro, Plaza de Spaña, Parque Maria Luísa e retornando ao Alcazar. Foi um passeio muito agradável, bem tranquilo, durou 40 minutos, temperatura em torno de 20 graus, sem vento e esse céu azul lindo e o sol brilhando que nos acompanhou em todos os dias da viagem.

IMG_0725

IMG_0712.JPG

Perto do Real Alcazar e ao lado da Catedral de Sevilha se encontra o Arquivo Geral das Índias. De 1785 neste local foi centralizado toda a documentação referente as colônias espanholas.

IMG_1078

IMG_1132.JPG

IMG_1128.JPG

IMG_1118.JPG

IMG_1116.JPG

Bem ao lado do Hotel Alfonso XIII, fica o mais famoso campus da Universidade de Sevilha, instalado na Antiga Fábrica Real de Tabacos. Os Espanhóis foram os primeiros europeus a ter contato com a planta Tabaco trazida das Américas. A fábrica funcionou do século XVIII até 1950 e foi o maior prédio industrial do mundo.

Além do interesse histórico e arquitetônico tive vontade de conhecer também porque no local funciona a Faculdade de Direito de Sevilha e a entrada é livre, pode-se circular tranquilamente entre os estudantes.

IMG_0864.JPG

IMG_0887.JPG

IMG_0877.JPG

IMG_0884.JPG

Continuando o passeio pelo bairro Santa Cruz, na Calle Gloria, Plaza de los Venerables está o Hospital de los Venerables Sacerdotes. Construído pela Irmandade del Silencio para albergar e cuidar de padres pobres, doentes ou deficientes.

IMG_1211.JPG

Em estilo barroco o imóvel tem uma pátio muito bonito e agradável e no segundo piso exposição de arte (pintura) com acervos permanente e temporário.

IMG_1148

Viajar na segunda quinzena de março para a Andaluzia foi especial, porque além do clima agradável é a época da laranja. São muitas árvores espalhadas pelas cidades e estavam carregadas, é lindo!

IMG_1200

IMG_1193

No interior do Hospital se encontra uma das mais fantásticas igrejas de Sevilha, com afrescos belíssimos.

IMG_1166.JPG

IMG_1150.JPG

IMG_1155.JPG

Depois da Calle Gloria segundo pela Calle Agua até chegar na Plaza de Santa Cruz chegamos no quarteirão judeu, a Juderia de Sevilha. Em 1248 Sevilha foi conquistada pelos cristãos, mas a convivência com os judeus era pacífica até que em 1391 houve um ataque a esta comunidade, muitas pessoas morreram e as sinagogas foram destruídas dando lugar as igrejas.

Andar pelas ruas do bairro judeu é muito interessante. Seus prédios e praças ainda guardam características deste povo, sempre tão perseguido e injustiçado ao longo da história da humanidade.

IMG_1233.JPG

IMG_1236.JPG

IMG_1247.JPG

IMG_1248.JPG

De todos os locais para passear em Sevilha a Juderia foi o que eu mais gostei. E olha que é difícil a tarefa de escolher já que a cidade é inteira linda e interessante.

Dos pontos turísticos, na categoria imperdível, realmente a Plaza de España é imbatível. Como pode ser tão bonita? Nunca vi em toda a minha vida uma praça tão linda! Construída para a Exposição Ibero Americana de 1929 (como o Hotel Alfonso XIII).

IMG_1005.JPG

Situada no Parque Maria Luísa a Plaza de España possui 48 bancos de azulejos que representam as províncias espanholas e 4 pontes que representam os quatro reinos: Navarra, Castela, Aragão e Leão.

Fui abençoada com esse céu azul que parecia uma pintura o que deixou tudo ainda mais lindo. Como escolher entre as centenas de fotos (não estou exagerando) apenas algumas para a publicação não é tarefa fácil. A Plaza de España é muito fotogênica e rende cenários incríveis. Não dá vontade de ir embora.

IMG_0973.JPG

IMG_1008.JPG

img_0749.jpg

IMG_0747.JPG

IMG_0748.JPG

IMG_1038.JPG

IMG_1032.JPG

IMG_1046.JPG

No outro dia, fomos conhecer o Bairro Triana no outro lado do Rio Guadalquivir. Atravessamos a Ponte de San Telmo, a mais próxima do Hotel Alfonso XIII e também a melhor para a vista da Torre del Oro.

IMG_1902.JPG
Palácio de San Telmo

A Torre del Oro fica no Paseo de Cristobal Colon sendo o cartão postal de Sevilha. Construída no século XIII (1220-1221) com a função de vigilância pelo Califado de Almoada para evitar possíveis invasões pelo Rio Guadalquivir. Na época a Espanha era ocupada pelos mouros.

IMG_0699.JPG

IMG_1914.JPG
Ponte de San Telmo

A base da Torre del Oro tem 12 lados (facetas), a parte o superior foi acrescentada no século XVIII.

IMG_1928.JPG

O Bairro Triana é um dos locais imperdíveis de Sevilha. Fui em um sábado e estava ainda mais animado. Feiras de artesanato, artes, antiguidades, livros e bricabraque espalhadas pelas barraquinhas à beira do Rio Guadalquivir. Passear pela Calle Betis apreciando o visual lindo da cidade pela outra margem é realmente fantástico.

IMG_2050.JPG

IMG_2054.JPG

IMG_2066.JPG

IMG_2059.JPG

No final da Calle Betis, em frente a Ponte de Triana, na Praça del Altozano está o Mercado Triana, reconstruído em 2005 tem todo o tipo de bancas para venda de carnes, peixes, frutas, roupas, com restaurantes e bares de ostras. Tem uma atmosfera animada.

IMG_1958.JPG
Ponte de Triana

IMG_1953

IMG_1962.JPG

IMG_1976.JPG

A Calle San Jacinto é o calçadão principal do bairro Triana, com muitas lojas e restaurantes.

IMG_1983

IMG_1984

Nesse calçadão, passei na frente e resolvi entrar em uma Igreja, a Hermandad de la Estrella. Uma capela muito pequena que tinha uma fila para beijar os pés de uma imagem de Cristo.

IMG_1990

A Hermandad de la Estrella foi fundada em 1560. Se trata de uma confraria que abre a procissão da Semana Santa de Sevilha. Após cada pessoa beijar os pés da imagem, a voluntária da Igreja, à esquerda da foto, passa um pano para limpar.

IMG_1994.JPG

Infelizmente a Igreja de San Jacinto estava fechada quando passei e não pude visitar o seu interior.

IMG_2002

A arquitetura do bairro Triana é muito bonita, muitos prédios tem detalhes em cerâmica pintada, levando o nome do bairro a famosa cerâmica da Andaluzia. Na foto abaixo a mais icônica loja de Sevilha, no local onde funcionava a Fábrica de Santa Ana, na Calle Callao.

IMG_2009.JPG

As louças são tão lindas, de enlouquecer, dentro da loja não pode fotografar, e apesar de ser difícil o transporte não resisti e trouxe algumas peças.

IMG_2016

IMG_2015
Detalhe em cerâmica de um portal no bairro Triana

Ao lado da loja funciona o Museu da Cerâmica.

IMG_2014

IMG_2019.JPG

IMG_2027.JPG

O passeio pelo bairro de Triana é sem dúvida um “tem que fazer” em Sevilha.

IMG_1944.JPG

IMG_1942.JPG

IMG_1938.JPG

Apesar de ser longe, fomos caminhando e atravessamos a Ponte de Triana para retornar a outra margem em direção ao Museu de Belas Artes de Sevilha.

IMG_2072.JPG
Ponte de Triana

Instalado no antigo Convento de la Merced Calzada, de 1841, o Museu de Belas Artes de Sevilha é a segunda pinacoteca mais importante da Espanha, atrás apenas do Museu do Prado.

IMG_2074.JPG

IMG_2075.JPG

O Edifício do século XVIII é lindo e possui um pátio interno de Aljibe  (cisterna).

IMG_2139

IMG_2115

No acervo do museu entre tantos, os maiores: El Greco e Velazquez. O pintor, escultor e arquiteto Domeniko Theothokopoulos – conhecido como “El Greco” nasceu em Candia (hoje Heraklion – Creta) em 1541 e faleceu em Toledo em 1614. Emigrou para Toledo em 1577 e fez boa parte de sua carreira na Espanha.

IMG_2085
Retrato de su hijo Jorge Manuel (1600) – El Greco

img_2093.jpg

IMG_2103
Cabeza de apóstol (1620) – Diego Velázquez

IMG_2086.JPG

Andando mais uma vez pelo entorno do nosso hotel Alfonso XIII, no bairro de Santa Cruz, seguimos pela linda Avenida de la Constitución. No início da avenida está a Fuente de Híspalis na Puerta de Jerez e seguimos apreciando a sua arquitetura.

IMG_2182.JPG

IMG_0353.JPG

 

IMG_0400.JPG

IMG_0411.JPG

IMG_0679.JPG

IMG_0695.JPG

Sevilha tem alguns palacetes que foram transformados em museus. O Palácio de Lebrija é um deles, situado na Calle Cuna, onde fomos assistir um espetáculo de flamenco. O imóvel foi adquirido em 1901 pela Condessa de Lebrija e ainda pertence a família, que mora no local. Para visitar o segundo piso somente com visita guiada que tem de hora em hora.

IMG_1321.JPG

A sua construção remonta ao século XV e possui no seu acervo pinturas, esculturas e uma espetacular coleção de mosaicos romanos.

IMG_1326.JPG

IMG_1358

IMG_1366

IMG_1350

Por fim, um lugar muito interessante para conhecer é o Metropol Parasol conhecido por LAS SETAS (significa cogumelos). Na Plaza de la Encarnacion é a maior estrutura de madeira do mundo, com 150×70 metros de diâmetro e 26 metros de altura. Projeto do arquiteto alemão Jürgen Mayer Hermann, executado com 3.500 tábuas, foi inaugurado em 2011. No andar subterrâneo tem o museu Antiquarium, com achados arqueológicos. No térreo, o antigo mercado Encarnación foi reconstruído e no piso superior uma passarela com mirante.

IMG_1290.JPG

IMG_1283.JPG

 

IMG_1307.JPG
Incrível não é mesmo?

Não vou consegui acrescentar nesse post os restaurantes e o show de flamenco. Deixo para o próximo e mais umas imagens dessa cidade vibrante e linda que me conquistou.

 

 

 

 

 

 

2 comentários em “Sevilha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s